Buscar
  • Roberta Goneli Psicanalista Sexóloga e Terapeuta Tântrica

O que é Orgasmo Seco e como Ter?

Tudo que aprendemos desde cedo sobre prazer é o famoso padrão "gozou acabou", limitando-se a um orgasmo cada vez mais sem qualidade e impedindo de explorar o verdadeiro potencial do nosso corpo MULTIORGÁSTICO.


A maioria dos homens tem o corpo condicionado ao padrão "gozou Acabou", sentindo uma sensibilidade logo ao final de uma ejaculação e mesmo querendo continuar não obtém sucesso em uma nova ereção e muitas das vezes esse orgasmo não foi satisfatório pois não teve uma qualidade.


O que muitos homens não sabem é que dá pra ter vários orgasmos muito antes dessa ejaculação, de formas intensas e pelo corpo todo.


O Orgasmo é uma resposta neuro - muscular, é o movimento de carga e descarga de energia. É o prazer e a excitação atingindo sua intensidade máxima. Já a ejaculação é a ação física pela qual ocorre a liberação do esperma.


Pode acontecer o orgasmo seco, o orgasmo ejaculatório e a ejaculação sem o orgasmo no mesmo instante.


Sendo assim, orgasmos secos são descargas elétricas de alto prazer por todo o corpo.



Como sentir o Orgasmo Seco?


Uma das propostas da Massagem Tântrica é desenvolver a capacidade Multiorgástica do corpo, fazendo com que a pessoa atinja altos níveis de prazer.

Isso é possível quando desassociamos nosso prazer da área genital, tornando o corpo uma enorme zona erógena.


Com o Tantra é possível atingir o orgasmo seco, através de exercícios do músculo da região pubiana, de autocontrole e respiração que trazem consciência corporal, junto com o trabalho da bioeletricidade e a energia sexual.


Com o Tantra é possível trabalhar sua energia sexual de tal forma a acessar e vivenciar seu potencial orgástico


Mas para isso, precisa se abrir ao novo, ao desconhecido, precisa abrir mão do controle e se entregar ao processo. Procurar um local e profissionais sérios, caso o contrário, será mais do mesmo.





#massagemtantrica #metamorfose #espacoyuti #orgasmoseco #orgasmo #ejaculacao

15 visualizações0 comentário